Educação nas Prisões

Escrito por muitas mãos do Brasil, Argentina e Portugal, de várias especialidades, o livro, organizado por Fernanda Marsaro, Candido Alberto Gomes e Ivar César de Vasconcelos,   apresenta experiências concretas e reflexões sobre as prisões. Mostra que a mudança é possível, inclusive para grupos mais vulneráveis entre os vulneráveis, como as mulheres. A obra se destina à sociedade em geral, a educadores, operadores do Direito, àqueles que trabalham com os internos. Eles podem, apesar dos muitos pesares, acender a luz da esperança e a sociedade espera a sua esperança.

Um dos capítulos, escrito por Cleide Soares, “Biblioteca na prisão: leitura e liberdade”, apresenta experiências exitosas de bibliotecas no sistema penitenciário e reforça as possibilidades de se colocar o livro e a leitura como trunfos para reduzir o encarceramento.

Para adquirir o livro acesse:

o link direto do livro na Paco Editorial

o link direto do livro na Amazon